sábado, 13 de janeiro de 2018


35º Sarau Caiçara 


Realizado desde 2008 no litoral paulista, o sarau propõe um diálogo de continuidade e reflexão entre o ancestral e o contemporâneo, o local e o universal através do encontro entre o público, artistas e pesquisadores para celebrar e debater a cultura caiçara a partir da literatura, música, artes visuais e dança. Com o coletivo Percutindo Mundos, Bruno Davoglio, Anak Albuquerque, Danilo Nunes, Marina Machado, André Barros, Lufer, Jorge Henrique, Zezé Goldschimidt, Andréia Passos, Syro e Vitor Barreto.  Apresentação e curadoria Márcio Barreto. Com palco aberto ao público.



Local: Arena Praia
Sesc Interlagos
14/01/18 | DOM | 14 às 16h



Foto: Anak Albuquerque


domingo, 24 de dezembro de 2017

II Semana do Meio Ambiente - USP

O SEMAGEO da Ligea foi proposto com o intuito de debater e propor visões multifacetadas das questões de meio ambiente. Para isso, procuramos dialogar com atores representantes de diversos segmentos da sociedade: educacional, acadêmica, político, governamental e cultural.
















quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

#ÉGóis! Festa Caiçara


Celebrando a antiga prática do mutirão, A Futuráfrica Afrobraziliangrooves e o Percutindo Mundos convidam para a Festa Caiçara #ÉGóis! Com música, dança, intervenções, boi bumbá, Sarau Caiçara e Mostra Marginal de Cinema a festa propõe o encontro de pessoas e ideias em contato com a Mata Atlântica, com o mar, com a terra, com a ancestralidade e a contemporaneidade. Com Percutindo Mundos, Rádio Futuráfrica e os convidados Sensimilla Jhon, Dj Mascate e Dj Sankofa (diretamente da República do Gana), os fotógrafos Anak Albuquerque, Adilson Felix, Laurival De Arruda Camargo Jr., os poetas Barney Days, Márcio Barreto e o artista plástico Kael. Com microfone aberto ao público.

A dez minutos de Santos, a Praia do Góes, no Guarujá, é um desses lugares que formam o imaginário coletivo sobre a cultura caiçara. A atual ocupação remonta ao início do século XX e traz consigo a cultura trazida pelos caiçaras vindos principalmente do litoral norte paulista. Devido sua localização que dá abrigo contra os ventos e a fúria do mar, desde o século XVI a praia passou por diversas ocupações humanas. Atualmente seus moradores vivem principalmente do turismo.


Atividades

09h00 – Saída Ponte Edgard Perdigão (Ponta da Praia, Santos)
10h00 – Chegada no Sítio Caiçara
11h00 – Mutirão
15h00 – Almoço Colaborativo
16h00 - Semeadura
17h00 – Festa #ÉGóis!
Rádio Futuráfrica, Percutindo Mundos, Sarau Caiçara, Mostra Marginal de Cinema Santista e convidados



O coletivo de arte contemporânea caiçara "Percutindo Mundos" tem sua criação voltada à ressignificação de identidades culturais através de paisagens sonoras que remetem à influência das culturas indígena, européia e africana misturadas à urbanidade e ao cosmopolitismo, a ancestralidade e a contemporaneidade. Sua música é caracteriza pela harmonia dos timbres, o macrominimalismo, a aleatoriedade e a melodia percussiva. Em sua pesquisa de criação mesclam-se a música, a literatura, a dança, as artes visuais e a filosofia.


O coletivo Futuráfrica criado em 2008 baseia-se numa pesquisa sobre os ritmos negros universais, sobre a cultura dos guetos mundiais e sobre a resistência produzida nas "quebradas do mundaréu" - como dizia nosso grande conterrâneo Plínio Marcos. A inspiração vem do conceito de afrofuturismo, que destaca a necessidade de transformar, samplear, rearranjar algo já existente, seja uma música, uma imagem, uma ideia ou qualquer outra forma de expressão.

O Cinema da margem. Mostra Marginal de Cinema Santista segue esse preceito e realiza a exibição de curta metragens independentes, realizados por produtores e agitadores de Santos e região. O amor pela subversão, ao cinema e a linguagem é o motor dessas produções. Não temos fins lucrativos, fazemos um cinema livre do sistema monetário, independente de governo e entidades. Um cinema de protesto e de arte. Afinal de contas, Cinema não é caviar!!! Viva Plínio Marcos, Viva Pagu... Viva a arte Marginal Santista!!!!

Realizado regularmente desde 2008, na Baixada Santista, o Sarau Caiçara, em sua 34ª edição, propõe um diálogo de continuidade e reflexão entre o ancestral e o contemporâneo através do encontro entre o público, artistas e pesquisadores para celebrar e debater a cultura caiçara a partir da literatura, música, artes visuais, fotografia e dança. Curadoria e apresentação Márcio Barreto.

#ÉGóis!
17/12 | Dom | 17 as 13h
Sítio Caiçara
Praia do Góes - Guarujá /SP



Como chegar